sexta-feira, 29 de maio de 2015

Mais de 10 mil pescadores se cadastram no Chapéu de Palha da Pesca


O número de pescadores cadastrados, neste ano, no Chapéu de Palha da Pesca teve um acréscimo de 7% em relação ao de 2014. No total, 10.417 pessoas se inscreveram no programa coordenado pela Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, que atende 57 municípios do Sertão, do Agreste e do Litoral. A última etapa do cadastramento foi encerrada nesta quinta-feira (28).

O Chapéu de Palha da Pesca beneficia os pescadores artesanais e marisqueiros do todo o Estado. Por pesca artesanal entende-se a atividade que envolve a mão de obra familiar sem vínculo com empresas pesqueiras e que faz uso de pequenas embarcações. Salvo a pesca da lagosta, que acontece de junho a dezembro no litoral pernambucano, outros tipos de cultura como, caranguejo, siri, marisco, guaiamum e camarão fazem parte da pesca artesanal e estão inclusos no programa. 

O cadastro dos pescadores no programa ocorreu em duas fases. Em abril, 1.083 pescadores artesanais do Agreste e 1.632 do Sertão se inscreveram na iniciativa. Os do Litoral, inscritos nesta semana, somam 7.702. Os beneficiários vão receber, a partir de junho, quatro parcelas de até R$ 256,52 complementares ao valor recebido pelo programa Bolsa Família.

Além de receber a bolsa, os pescadores cadastrados também podem participar de cursos de capacitação ou indicar um familiar para assistir às aulas. Os cursos são realizados em parceria com as seguintes secretarias estaduais: Educação; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Agricultura e Reforma Agrária; Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e Mulher.

O Programa - Implementado pela primeira vez na gestão do ex-Governador Miguel Arraes, o Chapéu de Palha foi resgatado para atender aos trabalhadores rurais da palha da cana e suas famílias, na região da Zona da Mata, durante o período da entressafra da cana-de-açúcar. Hoje, o Programa tem três frentes de atendimento: o Chapéu de Palha da Fruticultura, da Cana-de-Açúcar e da Pesca. Funciona com a coordenação da Secretaria de Planejamento e Gestão e várias secretarias envolvidas para a realização de atividades educativas, de reflorestamento, emissão de documentos, entre outras ações com foco na melhoria da qualidade de vida do trabalhador. Em 2012 foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em Nova York, o ex-governador Eduardo Campos recebeu o prêmio como um reconhecimento às ações governamentais que contribuem para a inclusão social.

PROGRAMA INTENSIVO DE VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR. BOM JARDIM PE 29 DE MAIO DE 2015


NESTE MÊS DE MAIO A PREFEITURA DE BOM JARDIM PE LANÇA O PROGRAMA   INTENSIVO DE VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR.  QUEREMOS CUIDAR MELHOR DOS TRABALHADORES DA PREFEITURA, POR QUE SABEMOS QUE ELES HAVERÃO DE CUIDAR MELHOR DE NOSSA GENTE.

DIA 29/05

SECRETARIA DE SAÚDE

COBERTURA: www.chicopezao.com




































































































































Google+ Badge

 
Copyright © 2013 Chico Pezão Bom Jardim - PE